Theodora


sem você meu mundo é diferente, minha alegria é triste...



quando você chegou, escrevi:


Uma luz que me ilumina...
Um raio de sol que me aquece...
Um vento que sopra e me refresca...
Um céu azul com poucas nuvens...
Gotas de chuva molhando o meu rosto...
A música perfeita que faz minha alma dançar...
A poesia linda que me faz lembrar...
A história que me faz gargalhar...
O doce que me engorda...
Um pic-nic gostoso...
Uma viagem inesquecível...
Um sorriso no meu rosto...
Uma lágrima de felicidade...
Uma manhã seja de dia ou de noite...
Minha maior realização...
Todos os meus sonhos juntos já realizados...
Sou a mais feliz, porque você é minha.
Mamãe

...


quando você se foi, escrevi:

O nome mais lindo...
Os olhos mais sinceros...
O aperto de mão mais importante...
Os momentos mais íntimos e profundos...
A lágrima mais sentida...
A cicatriz mais dolorida...
O tchau mais difícil de dar...
A história mais triste de escrever...
O dia onze e o dia sete do meu calendário...
Às duas e dez e às dezessete e vinte do meu relógio...
O abraço que não pude dar...
A saudade que morrerá comigo...
Minha maior realização...
Todos os meus sonhos juntos já realizados e depois roubados...
Estou triste, mas sou a mais feliz, porque você foi, é e sempre será minha.
Minha pequenina...
O meu amor eterno...
Mamãe


(Lyz Fatori)










"nosso amor é como o vento...
não posso ver,
não posso tocar,
mas posso sentir!"
(da mamãe Roberta para sua estrelinha Olivia)