outubro 07, 2011

não quero...


hoje:

não quero encontrar quem me diga que tudo ficará bem
não quero que me elogiem e que digam que estou com uma aparência boa
não quero que fiquem com dó de mim
não quero uma roupa ou um cabelo novo
não quero olhar minha cicatriz no espelho
não quero ficar em casa e nem quero trabalhar
não quero falar ao telefone
não quero ir em festas, velórios ou parques
não quero ver crianças brincando
não quero entender a vida nem o porquê de nada
não quero pensar em viagens ou escolher uma cortina
não quero cozinhar nem assistir televisão
não quero almoçar nem jantar
não quero ir ao médico nem fazer nenhum tratamento
não quero planejar nada nem fingir contentamento
não quero ter forças, nem quero lutar
não quero reagir a nada nem agir a favor de nada

não quero nada.
tudo que eu queria já foi e nada mais será capaz de me fazer feliz completamente...
(Lyz Fatori)