agosto 09, 2011

dias cinzas...


Meus dias agora são nublados e cinzas...
Deus levou meu raio de sol e nada irá me consolar...
Mesmo que um dia o sol volte a brilhar, faltará um pedaço em mim.
Minha alma está de luto.
De todo amor que já pude sentir, este foi o maior.
Obrigada filha por me fazer sua mãe.
Sentirei sua falta, lamentarei por não tê-la aqui e te amarei por toda a minha vida.
Diz para o papai do céu que eu estou muito brava com ele que ele vai entender.
Saudades infinitas
Mamãe

12 comentários:

  1. OLa amiga,fico sem palavras,para dizer o quanto eu sinto por vc e sua filhinha,fico muito triste.....
    sinto muito mesmo...
    abraço forte
    si

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Lyz, por acaso, após ler um poema do Drummond sobre "Casa arrumada" e pesquisando mais no google, descobrimos você!!! Nós somos a Ivone, Ana e Mariana e trabalhamos no Hospital A.C.Camargo em São Paulo. Lemos seu blog desde o início e ficamos extremamente emocionadas com seus depoimentos de profundo amor pela linda Theodora. Tenho certeza que Deus vai entender que você está brava, ele te compreende imensamente e não vai se importar. Saiba que a Theodora está sendo muito bem cuidada no plano espiritual e que ela vai estar te esperando para uma futura volta ou um futuro encontro. Pense nela apenas com amor e tranquilidade para que seu espírito não seja perturbado no caminho da evolução espiritual. Vou deixar meu e-mail e o da Ana se quiser escrever. Um beijo no seu coração.
    Ivone : imfonseca@hcancer.org.br e Ana: anaf@hcancer.org.br

    ResponderExcluir
  3. Lyz, choro com você.
    Não dá pra imaginar o tamanho de sua dor.
    Peço a Deus que te console e te dê forças pra seguir.
    Beijos no coração.

    ResponderExcluir
  4. Lyz, encontrei esta oração aqui na net, queria poder fazer algo. Continuo orando por você.

    Deus meu Pai, hoje eu sofro a dor da saudade.
    A dor de não poder mais tocar neste Anjo de Luz.
    Mas, mesmo entre lágrimas, te agradeço.
    Obrigada por ter me permitido viver com meu bebezinho
    tão especial, meu anjinho de luz.
    Obrigada pelo tempo que ele passou comigo...
    Dá-me hoje a generosidade de devolvê-lo a Ti.
    Toma-o, Senhor,
    Agora meu bebe é seu,
    Inteiramente Teu...
    Embora, continue sendo meu também.
    Que meu bebe seja um Anjo de Luz entre eu e o Senhor meu Deus;
    O mensageiro a levar minha oração ao teu coração de Pai.
    Conforta-me Deus, me ensine
    a aceitar a sua vontade, hoje e sempre.
    Amém.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lyz... acabei encontrando seu blog e junto com ele uma linda história de amor que não teve um final feliz.
    Não tenho filhos, nem sei se terei. Sou louca por esses pequeninos e na progressão do seu sofrimento, fui me enchendo de compaixão e amor pela corajosa Theodora. Nasceu tão pequenina... Não tem como não admirá-la por ter tido tanta força e vontade de viver.
    Eu sinto muitíssimo pela sua dor, Lyz... Espero que no amor à sua filha, vc se recupere e tenha força e fé para seguir em frente. Embora a gente saiba que vc nunca mais será a mesma por ter enfrentado tanta dor, sabemos tb q vc não será mais a mesma por ter sido mãe da Theodora. Por ter enfrentado bravamente tantos medos, dores e uma tremenda perda.
    E que sirva de consolo na sua vida que vc tb foi muito amada pela sua pequena... e que não há amor mais lindo do que aquele q a gente reconhece no olhar de um bebê p/ sua mãe. Esse amor da Theodora foi para vc. E será para sempre...
    Que vc e sua família reencontrem a paz e que a Theodora seja a estrelinha que guiará seu caminho por dias melhores.
    Um beijo
    Marie

    ResponderExcluir
  6. Lyz, tenho acompanhado a sua história pelo blog(apesar de não ter um) e estava rezando muito pela sua filhinha..
    Te desejo toda força e toda fé, pra que você possa suportar a dor, porque superar é quase impossível.
    É de coração, de todo meu coração.
    Fica com Deus, beijos anjo.
    Karoline

    ResponderExcluir
  7. Lyz, não fique brava com o papis do céu! Pense que por mais que sua bb tenha ficado pouquinho, ela ficou com vc, vc sentiu-se mãe! Isso é bom né, se sentir mãe?
    " A tempestade vai passar... "! Agora vc tem um anjinho por vc e que te ver todos os dias e sabe o quanto foi amada e é amada!!!!!!

    Não sei se és católica, mas que Maria que foi mãe e viu seu filho Jesus sofrer tanto, mas esteve firme e crente de sua Vitória!
    Deus te abençõe e te console

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. ADRIANE BONETTO DE MELLO12 de agosto de 2011 16:31

    OLÁ!VC NÃO ME CONHECE, MAS EU TE CONHEÇO APROXIMADAMENTE A UM ANO E FIQUEI EMOCIONADA COM ESTA NOTÍCIA E POR ISSO QUERIA TE DAR UM FORTE ABRAÇO POIS AS PALAVRAS NESTE MOMENTO NÃO SAEM O SILÊNCIO FALA MAIS ALTO. QUE PAPAI DO CÉU CUIDE DE VOCÊS.....

    ResponderExcluir
  9. Elda Alexandria disse...

    Liz, o sofrimento parece ter tanta probabilidade de reforçar a FÉ quanto semear a dúvida. Que a sua raiva sobre a dor se desfaça, principalmente, por uma razão: você conhece a DEUS. Ele transforma a dor, usando-a para nos ensinar e fortalecer se permitirmos que ela nos leve em Sua direção. Desejo que você retome a sua caminhada.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá Lyz, eu acompanhei a trajetoria da theodora no seu blog, tb tenho um blog e lá eu coloquei a seguinte postagem:
    Uma linda história de mãe
    Hoje eu tinha preparado um post sobre banho de lua, porém eu andava preocupada com a bebê da Lyz Fatori do casinha arrumada. Dia 09 de agosto eu li no blog dela uma triste noticía: Theodora havia falecido. Eu me senti fraca impotente ao ler aquilo. Eu acompanhei a história da Lyz, e torcia por ela, como se fosse um dos meus filhos que estivesse lá. Se você é mãe sabe que essa dor que a Lyz sente neste momento é a pior dor do mundo. Não é justo pais enterrarem os filhos, o correto é os filhos enterrarem os pais. Mas DEUS sabe de tudo e nós não sabemos de nada.
    Desde pequena, eu aprendi que nós somos espiritos que viemos a Terra nesta matéria chamada corpo para aperfeiçoar a nossa alma, e ouvia que quando um bebê morria era porque ele era tão perfeito que não precisa de tanto tempo para se aperfeiçoar. Lyz, a Theodora foi tão perfeita que não precisou passar por nada neste mundo, ela foi uma guerreira e lutou, lutou dentro do seu ventre, lutou no hospital, a alma dela já estava perfeita.
    E sabe o que mais me consola? É o fato de ela já estar lá em cima junto de Jesus Cristo, talvez até quem sabe brincando com outros guerreiros como ela.
    THEODORA ADEUS!!!!!!!

    ResponderExcluir
  11. penso nela todo dia, estou muito triste e com saudade ,..... de você do Le ... enfim nossas vidas nunca mais será a mesma.

    Saudade

    Bjs
    Cida

    ResponderExcluir

fico feliz quando leio o seu recadinho...
obrigada!