dezembro 22, 2010

a melhor notícia...


Uma gripe forte me levou ao médico e para tratá-la, inúmeros remédios.
Daí, enjoos fortes, constantes e alguns sangramentos...
E assim do nada, uma notícia que vai mudar minha vida:
"VOU SER MAMÃE!"
Tô passada até agora, mas muito feliz.
Nos nossos planos, isto só aconteceria daqui uns dois ou três anos, depois de casarmos e viajarmos bastante. Mas, provavelmente, os remédios que eu tomei, diminuiram o efeito da injecção contraceptiva, ou o Papai do Céu achou que era a hora de eu ser mais feliz.
Então a melhor atitude que posso ter é COMEMORAR, ficar RADIANTE e torcer para tudo dar certo (entenderam o post anterior?).
Passado o susto inicial, já está tudo bem comigo e com o bebê, fiz um ultra na segunda-feira e já foi possível ver o saco gestacional.
Notícia confirmada e dada para todas as pessoas que importam e que farão parte da vida deste bebê, agora divido aqui com vocês que sempre estão por aqui.
Torçam por mim!
Bjinhos
Lyz

dezembro 15, 2010

surpresa...

Algumas vezes, não consigo sentir claramente que tem uma orquestra angelical tocando uma linda sinfonia só prá mim.

Quando isto acontece, deixo de experimentar coisas e momentos maravilhosos que estão assim, na minha cara.

Daí alguma coisa me diz que estou perdendo...

Eu paro, respiro e me concentro...

Consigo ouvir lá longe aquele som que parece querer me abraçar...

Deixo-me envolver e quando percebo estou em êxtase.

Feliz e sem preocupações, apenas desfrutando o que os bons ventos me trazem.

Alguns assuntos ficam para trás e outros são adiados.

As preocupações nunca deixarão de existir, tão pouco deixarão de me acompanhar.

Alguns desejos perdem o sentido e novos planos aparecem.

Hoje, no entanto, apesar do inesperado escolho não me preocupar.

Escolho a alegria.

Escolho viver.

Escolho dançar a música que Deus está permitindo tocar para mim e mesmo sem entender, agradeço humildemente por ser eu merecedora desta graça...

Obrigada Senhor!

dezembro 14, 2010

escolha...

"Não viva para que a sua presença seja notada,
mas para que a sua falta seja sentida..."

(Bob Marley)

dezembro 10, 2010

dói...

Pelo menos cinco crianças a cada dia ao redor do mundo morrem por algum tipo de abuso.


P.S.: Já as que sobrevivem, passam a vida tentando esquecer...

dezembro 07, 2010

encantadoras palavras...

Eu, leitora voraz, quase não acredito quando me dou conta de que só conheci os textos da Clarice Lispector, depois dos vinte anos. No entanto, depois de conhecê-los, não posso mais viver sem eles. A Clarice morreu um ano antes de eu nascer, mas me deixou de presente seus instigantes pensamentos. O texto abaixo, foi escrito por Carlos Drummond de Andrade, logo após a sua morte e eu acho-o lindo porque define exatamente a visão que eu tenho da Clarice: um Mistério que para mim, é Essencial.


Clarice
veio de um mistério, partiu para outro.

Ficamos sem saber a essência do mistério.
Ou o mistério não era essencial. Essencial era Clarice viajando nele.

Era Clarice bulindo no fundo mais fundo, onde a palavra parece encontrar
sua razão de ser, e retratar o homem.

O que Clarice disse, o que Clarice viveu para nós
em forma de história
em forma de sonho de história
em forma de sonho de sonho de história
(no meio havia uma barata ou um anjo?)
não sabemos repetir nem inventar.
São coisas, são jóias particulares de Clarice,
que usamos de empréstimo, ela é dona de tudo.

Clarice não foi um lugar comum.
Carteira de identidade, retrato.
De Chirico a pintou? Pois sim.
O mais puro retrato de Clarice
só se pode encontrá-lo atrás da nuvem
que o avião cortou, não se percebe mais.

De Clarice guardamos gestos. Gestos,
tentativas de Clarice sair de Clarice
para ser igual a nós todos
em cortesia, cuidados materiais.
Clarice não saiu, mesmo sorrindo.
Dentro dela o que havia de salões, de escadarias,
de tetos fosforescente e longas estepes e
zimbórios e pontes do Recife em brumas envoltas
formava um país, o pais onde Clarice vivia,
só e ardente, construindo fábulas.

Não podíamos reter Clarice em nosso chão
salpicado de compromissos. Os papéis, os
cumprimentos falavam em agora em edições,
possíveis coquetéis à beira do abismo.
Levitando acima do abismo Clarice riscava
um sulco rubro e cinza no ar e fascinava-nos.

Fascinava-nos apenas.
Deixamos para compreendê-la mais tarde.
Mais tarde, um dia...saberemos amar Clarice.
(Carlos Drummond de Andrade)

mais sobre ela aqui

dezembro 05, 2010

hoje...


Estou com o sorriso amarelo e com a garganta raspando de tanto gritar.
Meu time ficou em terceiro lugar no Brasileirão.
Mas...
O importante é que eu continuo sendo louca e que torcer pelo Corinthians é maior que isso tudo. Valeu!

inspiração...


Adorei essa idéia.
Além de prática é super em conta.
Para quem ainda está planejando um closet, fica a dica.
Pena eu não lembrar a fonte das imagens, com certeza devem existir outras dicas ótimas lá.

dezembro 04, 2010

ser tia é...



Este foi o ano de ser tia, primeiro a Bebel e agora o Samuel.

Mas antes disto tudo acontecer, eu fui tia do Kike, da Bu e da Lálá. Fui não, sou. Sou tia deles, tia mesmo, daquelas que troca fraldas, dá banho, cuida quando a mãe precisa, leva e busca na escola, pinta, faz conta, brinca, acompanha a mãe no pediatra e até torce para o São Paulo (credoooooo!) de vez em quando, só para não ver aquela carinha de anjo triste. Meus sobrinhos tortos não têm o meu sangue, mas têm o meu amor, carinho e dedicação incondicional. Consequentemente, minha mãe virou avó torta e minhas irmãs tias deles. Então aqui em casa é assim, uma casa aberta para eles se sentirem acolhidos, amados e muito especiais. Desejo do fundo do meu coração que nós tenhamos este mesmo tipo de contato com a Bebel e com o Samuel, para que eles possam saber que são mais importantes que tudo para nós.

Este é o meu pedido de hoje para o Papai do Céu.

Obrigada!

dezembro 03, 2010

tempo...

" O tempo não cura tudo.

Aliás, o tempo não cura nada,

O tempo apenas tira o incurável do centro das atenções."

(Martha Medeiros)

morangos flambados...

Esta receita fica uma delícia, além de ser sofisticada e de fazer bonito para quem você quiser.
Compre morangos bonitos, escolha um bom conhaque, vista o avental e vamos lá...

Ingredientes:

Suco de 3 laranjas sem coar, apenas tire as sementes

1 caixa de morangos firmes e bonitos, lavados e cortados ao meio

1/2 xícara de açúcar

2 colheres (sopa) de manteiga sem sal

1 concha (grande) de conhaque

Sorvete de Creme




Preparo :


Lave os morangos, corte-os ao meio e separe.

Em uma frigideira coloque o açúcar e a manteiga e mexa até formar uma calda.

Em seguida despeje o suco de laranja e espere ferver.

Deixe ferver um pouco e logo em seguida adicione os morangos.

Deixe em fogo baixo tomando cuidado para não queimar.

Coloque o conhaque na concha e aqueça em uma chama do fogão até pegar fogo,
em seguida derrame sobre a frigideira onde está a calda.

Espere apagar a chama e desligue o fogo.


Sirva ainda quente sobre o Sorvete de Creme.

Capriche na apresentação e curta o sabor!

dezembro 02, 2010

Deus é Justo...

Vira e mexe aquele IDIOTA faz o FAVOR de se manifestar querendo tirar a pensão da minha mãe na Justiça e sempre que isto acontece é um saco, pois além de gastar com advogados, temos que reviver todo um processo de dor e violência que queremos esquecer. No entanto, eu estava pensando hoje que se temos que passar por isto, ok vamos passar (já que minha mãe sofre de depressão por conta de tudo que aconteceu e nada mais justo que ela tenha pensão depois de vinte e quatro anos de dedicação a um casamento), mas Deus é tão justo que faz questão de nos presentear com momentos maravilhosos, com uma família unida, parceira e alegre apesar de tudo isto. Agora a família tá aumentando e aqueles bestas podem até ficar sabendo da nossa FELICIDADE, mas a única coisa que podem fazer é invejar, já que não terão nenhuma participação nela, tipo aquele ditado que diz "Ver com os olhos e lamber com a testa"...
Segundo meu mapa astral, sou uma pessoa que luta pela Justiça, certo ou não, minha vida tem sido esta desde que me conheço por gente. Posso até ser doce e carinhosa, mas muito de minha doçura se foi com tanta maldade e hipocrisia, porém sou forte e não tenho medo. Na minha conta SOFRIMENTO + SOFRIMENTO = FORÇA e hoje a minha força está em esperar a Justiça de Deus e desta, não tem como escapar.
Que venha a JUSTIÇA!



Obrigada Senhor!

dezembro 01, 2010

agora é...

“Ela acreditava em anjo. E porque acreditava, eles existiam.”

(Clarice Lispector - A Hora da Estrela)