agosto 08, 2010

pai...

Lembro de todo amor que coloquei no giz de cera e no papel, quando estava na pré-escola, para pintar uma camisa e uma gravata que serviriam de suporte para a caneta bic que seria o meu presente do dia dos pais.

Lembro da minha mãe levantando cedo no domingo para preparar a mesa especial de café da manhã, acordando a gente, lavando o rosto e escovando os dentes para juntos irmos até o quarto cantando para acordar o meu pai.

Pai?

...

Infelizmente, tive um que não cuidou e nem protegeu a família.

Que não valorizou nosso amor, nosso carinho, nossas surpresas e que por último, não valorizou a chance que demos a ele de mudar.

Uma pessoa que nunca se preocupou com meus sonhos, com minhas dores, com meus questionamentos, com a minha formação e com as minhas necessidades.

Um pai que nunca me corrigiu ou ensinou com amor, ao contrário, sempre com surras e com dor.

Um pai que desrespeitou a lei de Deus e dos homens e que abusou sexualmente de mim e das minhas irmãs.

Esta é uma data que me deixa muito triste...

Triste pelo que me foi tirado...

Triste pela desconsideração...

Triste pela falta que faz em minha vida, ter um lugar para onde correr e alguém em quem eu possa confiar e abraçar.

Não tive e não tenho...

Nem pai, nem avô.

Nenhuma referência paterna que mereça amor, dedicação e respeito.

O único lugar onde encontro esta segurança, é em Deus que habita em mim e que existe da forma como eu acredito. E é a este Deus que hoje no Dia dos Pais, eu quero agradecer, pelo amor, pelo cuidado, pela paciência, pelo amparo e por todas as providências concedidas a mim, a minha mãe e a meus quatro irmãos.

Obrigada Senhor!


P.S.: Aquele que é pai e que cumpre seu papel com HONRA e AMOR,

Que leva a sério a missão que recebeu de Deus de cuidar e de proteger sua família...

Que corrige e ensina com amor.

Que se preocupa com os sonhos, com as dores, com as questões, com os estudos e com as necessidades do filho...

Que senta na primeira fila para torcer por ele ...

Que oferece um lugar para onde o filho pode correr quando tudo der errado...

Que faz o filho se sentir "FILHO".

A este PAI, eu carinhosamente desejo um FELIZ DIA DOS PAIS!

Um comentário:

  1. Eu sinto muito por tudo o que passou, e por tudo que levará dentro de si paro o resto da vida.
    Você foi muito corajosa em se expor assim, coisa que a maioria não faria. Eu mesma não sei se teria sua coragem. Fique com Deus e se precisar desabafar ou apenas fofocar, me mande um e-mail, vou adorar escutá-la. Bjs

    ResponderExcluir

fico feliz quando leio o seu recadinho...
obrigada!