maio 07, 2010

hoje...

Apesar de todo blábláblá em torno da nossa eliminação na Libertadores, do meu desejo em ver meu time conquistar este título, de não ter gostado da atuação do time no segundo tempo, de não aguentar mais os torcedores de outros times, gongarem o Ronaldo e de estar chateadaaaaaaaaa, é um orgulho fazer parte de uma torcida que aplaudiu seus jogadores mesmo após a eliminação. Tá aí mais uma vez a prova de que nem sempre ganhar é suficiente, de qualquer maneira é bem melhor perder ganhando, né?

Valeu Corinthians!
Valeu Ronaldo!

" Ninguém fala que estou entre os 10 jogadores do elenco que mais treinaram este ano, com a maior média de carga horária e distância percorrida dos treinos – desabafou o craque. – Tenho 33 anos, oito operações no corpo e muitas dores. O povo está comigo. O corintiano está comigo. Nunca deixei de ter comprometimento aqui no Corinthians;" (Ronaldo)

"Felizmente, dentro do estádio, o torcedor soube reconhecer a derrota, assimilou o golpe e mostrou que é partir para outra. Faz parte do esporte. E é um dos grandes baratos dele. É o que faz a roda girar. Ser derrotado num dia e vencedor no outro." (Erich Beting )

"Os corintianos que tinham alguma propensão à calvície devem estar carecas. E os que não tinham, também, pois foi um jogo de arrancar os cabelos. É que Corinthians e Flamengo fizeram um jogo dramático, que passou pelos três resultados possíveis. Explico: Primeiro, o Corinthians vencia por um a zero, o que daria um empate com o Flamengo, levando o jogo para os pênaltis. Depois, vencia por 2 a 0, o que lhe daria a classificação direta. Mas aí o Flamengo fez um gol e a vitória corintiana por 2 a 1 acabou sendo uma derrota. O principal sonho do centenário estava desfeito. E, no duelo entre Adriano e Ronaldo, o vencedor foi Vágner Love." (blog do Torero)

P.S.: Que venha e vença o próximo campeonato!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

fico feliz quando leio o seu recadinho...
obrigada!