maio 31, 2010

milagre...

" O que verdadeiramente somos é aquilo que o impossivel cria em nós."
(Clarice Lispector)

imagem daqui.

maio 30, 2010

só coisas boas...

aula maravilhosa da Monja Coen na manhã do sábado...

o céu lindo no final da tarde do sábado depois da aula...

bolo delicioso da tia Nice no domingo...

cantar com a Bebel, Parabéns para o Jé, para a Mi e para a Tia Bel...

tirar uma foto fazendo careta com o namorado...

passar a tarde na Livraria Cultura com o namorado...

Por tudo isto: Obrigada Senhor!


comemorar o resultado Corinthians 4 X Santos 2

êbaaaaaaaa! Por este motivo: Valeu Timão!

maio 28, 2010

Deus X Religião e Doutrinas

Já faz um tempo que vi esta imagem no blog da Jo e não pude deixar de pensar que já usei tanta saia por obrigação que hoje em dia passo bem longe delas... Bem longe mesmo.
Já disse por aqui que tive criação evangélica e na igreja que eu frequentava quando criança era proibidíssimo usar calças, brincos, esmaltes e até mesmo ter o cabelo mais curto. Por este motivo, passei muita vergonha na escola e muita vontade de ser como as outras meninas da minha idade. Para eu ir para o céu, tinha que ser um ET, caso contrário não estaria dando exemplo de cristã e a minha "luz" não "brilharia" nas trevas. Isto durou até os meus vinte anos quando mandei tudo prá merda e passei a viver a vida que eu achava que merecia. O engraçado é que hoje na mesma igreja onde fui criada, tudo isto é aceito. Sorte das meninas que hoje frequentam lá. Mas tudo isto me leva a refletir sobre o fato de que a religião ao invés de cumprir o seu papel de levar o homem até Deus, acaba por fazer exatamente o contrário com suas falsas doutrinas e costumes. Sim, porque o que mudou no Deus que existia quando eu frequentava a igreja e tudo era pecado? Será que ele evoluiu e passou a "aceitar" o uso destas coisas? Ou será que os pastores perceberam que para "manter" os fiéis teriam que aceitar?
Hoje eu sei que o que vale prá Deus são minhas atitudes, minha conduta, minha fé e minha sinceridade, o resto é invenção de um bando de gente sem ter o que fazer que "adora" ter uma vida "fácil" dizendo ser um "representante de Deus".
Eu que o diga...
Nasci e fui criada no meio de pastores. Era um pior que o outro, inclusive meu progenitor e cia. De cada cem, no máximo dez por cento prestava e estes eu posso garantir que não achavam que usar uma calça comprida levaria uma menina para o inferno.
Seja qual for a sua concepção de DEUS, saiba que Deus é um Deus de paz e de amor que não quer ridicularizar ninguém e nem pretende te julgar por coisas tão pequenas. Qualquer coisa que venham te dizer (pastores, anciões, gurus, padres, bispos, etc) que te afaste da paz e do amor de Deus, não aceite, no mínimo questione e busque uma resposta plausível.
Na Bíblia, em Provérbios está escrito assim: "Afaste-se das pessoas sem juízo porque gente assim não tem nada para ensinar." (Provérbios 14:7)

me faz bem...

Uma cozinha com "cara" de cozinha...

Toda branquinha com móveis de madeira de verdade...

As cozinhas modernas e planejadas são lindas e práticas mas me sinto numa loja. Já estas me fazem sentir aquele gostinho de que sou "dona da minha cozinha". Fazer o que, né? Já disse por aqui que deveria ter nascido em outra época? É... Deveria.

P.S.: As imagens são de algum blog de decoração de "excelentíssimo bom gosto" que euzinha não lembro o nome (desculpe!)...

maio 27, 2010

mão na massa...

Aqui em casa somos quatro mulheres. A Mi e a Gui não são muito de cozinha, mas quando querem fazem bem. Já eu e minha mãe adoramos cozinhar juntas, vira e mexe uma olha prá cara da outra e diz, vamos fazer um bolo? As vezes é um doce, as vezes uma torta e assim vai... Na segunda-feira a Mi pediu para fazer um Bolo Prestígio para umas amigas que passariam mais tarde para vê-la. Não precisou pedir duas vezes, né? E foi assim, fácil, fácil... Afinal Bolo Prestígio não tem como ficar ruim.

Bolo Prestígio - Receita:

Massa:

4 claras em neve (batidas com uma pitadinha de sal)

2 xícaras (chá) de açúcar peneirado

4 gemas

4 colheres (sopa) de chocolate em pó

2 xícaras (chá) de farinha

1 colher (sobremesa) de fermento em pó

1 xícara (chá) fervendo

Peparo da massa : Bata as claras em neve com uma pitadinha de sal e quando estiverem bem firmes, adicione o acúcar aos poucos (vai crescer e ficar parecendo massa de suspiro), junte as gemas e bata mais um pouco até ficar bem fofo. Em seguida, adicione o chocolate (um truque para não empelotar e nem levantar aquele pózinho é misturar num pouquinho de leite a parte, mas tem que ser pouquinho mesmo, caso contrário altera a receita) e bata mais um pouquinho. Por último, adicione a farinha e o fermento, intercalando com o leite bem quente. Leve para assar em forma untada.

Recheio:

1 lata de leite condensado

1 colher (sopa) de margarina

Essência de baunilha (a gosto)

1 pacote grande de coco ralado (médio ou grosso)

½ litro de leite fervendo

Preparo do recheio: Em uma vasilha, coloque o coco ralado com o leite bem quente e deixe por uns vinte minutos. Depois escorra em uma peneira e separe o leite. Enquanto o coco fica no leite, derreta a margarina (eu uso a com sal), junte a lata de leite condensado e se gostar umas quatro gotinhas de essência de baunilha. Mexa até começar ferver. Junte o coco e separe.

Calda para molhar o bolo:

Achocolatado em pó (uma ou duas colheres de sopa – como preferir)

Rum (+ ou – uma colher de sopa)

Leite

Preparo da calda: Junte o rum (se o bolo for para crianças, pule esta parte) e o achocolatado em pó ao leite que restou do coco. Separe.


Cobertura:

1 lata de leite condensado

1 colher (sopa) de margarina

3 colheres (sopa) de chocolate em pó

1 caixinha de creme de leite

Chocolate granulado

Preparo da cobertura: Em uma panela, misture todo os ingredientes, menos o creme de leite. Leve ao fogo até ficar no ponto de um brigadeiro firme. Desligue o fogo e adicione o creme de leite.

Montagem

Abra o bolo em duas partes e coloque uma delas em um prato próprio para servir bolos. Com a calda, regue o bolo e coloque uma camada bem abundante de recheio. Cubra com a outra parte do bolo e regue ela também. Cubra tudo com a cobertura e deixe escorrer (hummm). Leve para gelar e só depois coloque o chocolate granulado, raspado ou o confeito que preferir.





Diquinhas:

Se você possuir uma forma com fundo removível, dá para cortar o bolo em mais camadas e assim ele vai ficar mais gostoso ainda. É só montar dentro do aro intercalando uma camada de massa e outra de recheio e depois levar a geladeira para “assentar”.

Dá para fazer a cobertura substituindo duas colheres de chocolate em pó por chocolate amargo, fica uma delícia.

Como esta massa fica bem fofa, eu prefiro desenformar e cortar o bolo ainda quente.

Dá também para fazer um bolo brigadeiro com os mesmos ingredientes. Neste caso é só pular a receita do recheio e aumentar uma lata de leite condensado e o chocolate em pó na receita da cobertura. O passo a passo é o mesmo e a calda para molhar o bolo você faz com leite normal.

Fica muuuuuuito melhor se você fizer um dia antes.

maio 25, 2010

como não lembrar...


dessas fofuras

(não lembro de onde é a imagem...)

e desses cheirinhos gostosos?

P.S.: Qualquer mulher que foi criança nos anos 80 não se esquece...

happy day...


(Ti, Gui, eu, o Jé e a Mi)


- Tem coisas que acontecem e a gente não sabe o por que, né? A última coisa que eu queria ter quando tinha dois anos e cinco meses era mais um irmão, mas a vida quis me dar você e o Jé de uma vez só. Sem saber eu estava ganhando de presente lá dos céus... A minha primeira amiga: VOCÊ! Como irmã mais velha eu cumpri o meu papel e judiei bastante de você, inclusive te obriguei a comer a minha primeira invenção culinária (argh!). Juntas nós brincamos, brigamos, cantamos, fizemos um montão de trabalhos de escola e vivemos coisas incríveis... Também juntas nós enfrentamos situações ruins e choramos muito... Quase dez anos depois, ficamos ainda mais amigas, ainda mais mulheres, ainda mais maduras e felizes. Tenho certeza absoluta que o nosso futuro será MARAVILHOSO e MUITO melhor do que podemos imaginar. Você é uma estrela, é talento, é inspiração, é sucesso! Seu lugar é lá no alto, no topo! Te amo muito mais do que pode imaginar... Obrigada por TUDO linda!

- Lindo! Tenho muito orgulho de ver o HOMEM que você se tornou. Muito orgulho de ver suas atitudes equilibradas e sempre bem pensadas... Muito orgulho de ver as suas conquistas... Tenho muita felicidade de ter você como meu irmão e parceiro nesta vida. Que Deus abençoe todos os seus dias, todos os seus passos e a família nova que você está começando. Que este bebê que está a caminho, traga muita felicidade a nossa família! Te amo muito!

maio 22, 2010

arrumando o guarda-roupa...

Atendendo ao pedido da Jussara, vou postar algumas dicas de organização. Há um tempo, uma amiga também me pediu algumas dicas e eu respondi por email mesmo. Então hoje eu vou dar um Ctrl+C e um Ctrl+V no meu próprio texto, tá? Vou começar pelo guarda-roupa, por que acho que guarda-roupa bagunçado é um atraso na vida de qualquer um na hora de escolher o que vestir. Então vamos lá:

Comece devagar e sem grandes cobranças!

Abra o seu armário e separe as roupas que:

  • usou nos últimos meses;

  • tem certeza que usará no inverno;

  • tem certeza que usará no verão;

  • você usa para praticar esportes;

  • você usa na praia;

  • você usa em ocasiões mais formais.

Agora, pegue três caixas ou sacos e escreva: Doar, Consertar e Jogar Fora.

Verifique mais uma vez se todas as roupas separadas serão usadas por você e seja sincera com a resposta.

Em seguida verifique se precisam de algum reparo (barras, botões, ajustes, enfim, pequenos consertos) e separe no local destinado ao conserto.

Caso tenha decidido doar alguma, também separe.

Tenha em mente a seguinte idéia: a partir de agora o seu guarda-roupa será dividido em temas.

Eu sugiro: Verão, Inverno, Lazer, Ginástica, Praia e Noite que você também pode dividir em verão e inverno.

Agora retire TUDO que ficou no armário e comece a guardar as roupas que já foram escolhidas por você.

Algumas sugestões: Com cabides iguais em cores, modelo e tamanho fica bem mais fácil arrumar e bem mais lindo (os meus eu comprei naquelas lojas que vendem artigos para lojas e saiu bem em conta), compre aquelas divisórias transparentes de plástico (são baratas e muito úteis) e saquinhos para lavar lingerie (dá prá ver o que tem dentro e dá prá fechar com zíper).

Arrume os cabides todos na mesma posição, isto facilita na hora de pegar as roupas e mantém a ordem.

Agora comece a guardar as roupas de inverno, de preferência uma peça por cabide e sempre abotoe pelo menos uns dois botões para evitar que amasse, crie volume ou escorregue do cabide, também escolha um sentido de sua preferência e guarde sempre a frente da roupa voltada para aquele lado. Eu vou fazendo um degradê de cores do escuro para o mais claro acho que fica mais fácil na hora de me vestir, mas você faz como achar melhor agora e depois vai se adaptando.

Depois faça a mesma coisa com as roupas de verão.

Separe ao menos uma gaveta para cada tema e se não for possível, uma solução são aquelas caixas organizadoras, pode ser de plástico, tnt, como você preferir.

Guarde juntos:

- calças jeans (dobradas ou penduradas);

- echarpes, luvas e toucas;

- biquínis, cangas, shorts e saídas de praia;

- regatas e blusinhas básicas;

- pijamas;

- meias, calcinhas e soutiens (para estes as divisórias são ótimas);

Por enquanto dobre da forma que achar melhor e não exija muito, aos poucos você vai melhorando.

Pode parecer besteira, mas só o fato de separar já vai mudar muito a sua vida.

Agora vamos ao “TUDO” que ficou de lado.

Se você REALMENTE está disposta a se organizar, livre-se do que não usa e só cria volume no seu armário (e segundo alguns psicólogos na sua vida).

Separe o que vai para doação, o que não serve para ninguém e o que precisa de consertos. É bom lembrar que as vezes um pequeno ajuste numa roupa faz toda a diferença e em tempos de consumo consciente, é sempre bom reaproveitar o que já possuimos, né?

Se ficar na dúvida, prove a roupa e se questione se realmente vai usá-la e em seguida já coloque no armário no lugar adequado.

Lembre-se que você tem todo o direito de guardar uma ou duas peças de recordação mesmo que saiba que nunca mais vai usá-las, mas se este for o caso, guarde-as separadas em um lugar especial para quando quiser vivenciar um momento nostálgico (rsrssr).

Depois de tudo isto, vá para as bolsas e sapatos e em seguida para os acessórios e produtos de uso pessoal em geral, sempre usando o mesmo critério de avaliação e separação.

Você vai ficar surpresa com os vidros vazios, produtos vencidos, maquiagens inutilizáveis, bijouterias bregas, sapatos e bolsas que realmente não te servem mais.

O principal até aqui não é colocar tudo perfeitamente em ordem e sim livrar-se do que não usa e só atrapalha sua organização.

É bom doar porque enquanto decide se fica ou não com determinada coisa você logo se lembra que para outra pessoa aquilo pode ser muito mais útil.

Outra coisa legal é que neste processo de “limpeza” você acaba tendo uma visão geral de tudo que possui e isto será bem útil quando você decidir comprar coisas novas, por exemplo, uma bijouteria, uma bolsa ou sapato, por que sempre fará um link se combina ou não com o que já possui.

Depois das roupas, você pode fazer o mesmo com o restante da casa, um dia e um local por vez e se achar que está te desgastando, uma vez por semana.

Os papéis, fica para outro dia, mas mesmo assim, a regra de ouro é jogar TUDO que não vai usar mais.

Tem uma “meta” em um grupo de donas de casa que é quase uma brincadeira, é assim: uma vez por semana você pega uma sacolinha e sai pela casa com o objetivo de recolher 27 itens que estão entulhando a sua casa, pode ser desde potes sem tampas a uma pilha esquecida no fundo de alguma gaveta. Parece bobeira, mas tem efeito, posso garantir, pois faço isto constantemente aqui em casa e sempre passo dos 27 itens.

Espero que as dicas ajudem de alguma maneira, no entanto acredito que a melhor ORGANIZAÇÃO é aquela que ATENDE as nossas necessidades e limitações.

Até a próxima!

Lyz

fazer o quê?

se gosto de ir ao supermercado?

P.S.: o que seria do amarelo se todos gostassem do azul?

maio 21, 2010

hoje...

O dia mais belo: hoje

A coisa mais fácil: errar
O maior obstáculo: o medo
O maior erro: o abandono
A raiz de todos os males: o egoísmo
A distração mais bela: o trabalho
A pior derrota: o desânimo
Os melhores professores: as crianças
A primeira necessidade: comunicar-se
O que traz felicidade: ser útil aos demais
O pior defeito: o mau humor
A pessoa mais perigosa: a mentirosa
O pior sentimento: o rancor
O presente mais belo: o perdão
o mais imprescindível: o lar
A rota mais rápida: o caminho certo
A sensação mais agradável: a paz interior
A maior proteção efetiva: o sorriso
O maior remédio: o otimismo
A maior satisfação: o dever cumprido
A força mais potente do mundo: a fé
As pessoas mais necessárias: os pais
A mais bela de todas as coisas: O AMOR!”

(Madre Tereza de Calcutá)

maio 20, 2010

que perfeição é essa?

(Imagem daqui)

"Muitas pessoas julgam-se perfeites porque vivem segundo as leis da sociedade. Não fazem mal a ninguém, cumprem conscenciosamente as suas tarefas profissionais e familiares. Mas, apesar disso, o mundo invisível está-lhes vedado, e elas não sentem a alegria, a felicidade e a plenitude, nem possuem a luz, que são proporcionadas pela vida divina. Julgam-se perfeitas, sim, mas qual é o seu modelo de perfeição?
Estranha perfeição essa em que nunca há tempo para a ALMA e para o ESPÍRITO!"
(Omraam Mikhaël Aïvanhov)

"Hoje a ciência comprova: a meditação somente nos traz benefícios, pois ela nos proporciona a possibilidade de encontro com aquilo que há de mais profundo dentro de nós.
Ela equilibra as emoções, nos põe em contato com nosso subconsciente, provoca o relaxamento através do "esvaziamento" de nosso campo mental, sua prática constante desenvolve a concentração e o auto controle, equilibra a ansiedade, além de nos direcionar por um caminho espiritual mais consistente e realizador.
A meditação é, inegavelmente, uma colaboradora no processo de fundamentação de nosso desenvolvimento mental e espiritual e nosso sentido de vida.
Dica: Respire fundo
Sempre que sentir que a intolerância e impaciência estão tomando conta de seu organismo, respire fundo e procure dentro de você o real motivo desses sentimentos."

P.S.: Tenho "respirado fundo" tantas vezes...