março 19, 2009

amo mesmo, e daí?

Te amo mesmo
O que eu posso fazer
Se esse sentimento toma conta de mim
De uma forma tão surpreendente
Que em algumas vezes
Penso nem mais existir
É um sentimento tão profundo
Que dói só de pensar
É uma saudade imensa
Que chega a machucar
Sinceramente queria que fosse diferente
Queria não te amar
Com tanta intensidade
Mas não posso fugir, nem negar
Faz parte de mim,
Do meu coração,
Da minha alma
Meu coração dispara só ao ouvir sua voz
Minhas pernas estremecem
Ao sentir sua presença
E eu , te amo cada vez mais
Mesmo quando tento não lembrar
Mesmo com vontade de esquecer
Tenho que aceitar, Te Amo Mesmo
E vou tentar conviver com este sentimento
E também com sua ausência
E agora, tudo depende do tempo
Que insiste em não passar
E parece não querer te trazer de volta
De volta pra mim...
Porque só agora percebo?
Porque só quando não te tenho

(Juliana Costa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

fico feliz quando leio o seu recadinho...
obrigada!