novembro 21, 2007

Dona da Casinha

Já nasci uma dona-de-casa...

Nas brincadeiras, minha casinha tinha sala, cozinha, quarto e até lavanderia...
Passava tanto tempo arrumando a “casinha”, que quando terminava, fazia uma comidinha rápida (na minha cozinha equipada de fogão, geladeira, armário e mesa com duas cadeirinhas - tudo vermelho) e já estava quase na hora de guardar tudo...
Sempre ficava observando como as pessoas cozinhavam e quando minha mãe menos esperava, lá estava eu inventando uma receita da minha cabeça (rsrsr)...
Um dia ela se encheu e disse: Vou te ensinar a fazer arroz!
Aí eu queria fazer arroz todo dia...
Não teve jeito, depois do arroz veio o bolo, a torta, o macarrão...
Aí eu já sabia ler os livros de receitas e a minha mãe tinha que esconder as latas de leite condensado, caso contrário elas desapareciam da despensa...
É óbvio que nestas “aventuras pela cozinha” muitos desastres aconteciam, mas foi depois de descobrir as “panelas” que me tornei definitivamente uma dona-de-casa...
Minha mãe falava que se eu sujasse, tinha que limpar...
Então depois daquela bagunça, eu passava um tempão lavando a louça, limpando a fogão, varrendo o chão e colocando tudo no lugar...
Acho que tinha uns dez anos quando ouvi o primeiro:
“Já pode casar!”
Hoje tenho 29 anos, sete anos e meio de namoro, um e meio de noivado e logo serei dona da minha própria casa...
AMO a vida doméstica, mas também sou independente, moderna, culta, vaidosa e muuuuuuuuuuuuuuuito curiosa...
Como sou leitora assídua de vários blogs, decidi criar o meu próprio cantinho, para compartilhar minhas histórias, lembranças, descobertas, experiências e receitinhas...

Seja bem-vindo e sinta-se à vontade nesta “CASINHA”!

3 comentários:

  1. Parabéns pela casinha!

    Prometo visitas frequentes.;-)

    ResponderExcluir
  2. Oie, já fiz até um comentário, mas esqueci de avisar que cheguei aqui pelo blog da Cida Comoti.
    E sempre gosto de ler os 1os post.
    Adorei! COmeçou com um post ótimo.
    Só acho que vc deveria ter escrito um E e não mas nessa frase:
    "AMO a vida doméstica, mas também sou independente, moderna, culta, vaidosa e muuuuuuuuuuuuuuuito curiosa...

    Afinal, um nào exclui o outro!!
    Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  3. Obrigada Paula!
    Deveria mesmo ter escrito da outra forma...
    Continue aparecendo e muito obrigada pelas visitinhas.
    Bjinhos

    ResponderExcluir

fico feliz quando leio o seu recadinho...
obrigada!